Logotipo do blog osteo-health com osteopatia pediátrica.
Blog OsteoHealthBlog

Precisamos de um novo termo para entender melhor a vida dos pacientes com dor?

Um homem em pé em frente a um fundo animado.
Precisamos de um novo termo para entender melhor a vida dos pacientes com dor?

Como osteopata em Hamburgo, encontro pessoas que lutam contra a dor todos os dias. A dor é uma experiência complexa e profunda que vai muito além do aspecto puramente físico. Conceitos anteriores, como autoeficácia, ansiedade relacionada à dor e a chamada catastrofização, tentam capturar essas experiências, mas geralmente apresentam uma imagem muito simplificada da realidade dos pacientes com dor.

No artigo de hoje, gostaria de apresentar uma nova abordagem desenvolvida por Fernandez e colegas: o conceito de "dúvidas físicas relacionadas à dor". Esse conceito complementa as ideias existentes e se concentra em como a dor pode mudar nosso relacionamento com nosso próprio corpo.

Segurança física vs. dúvidas físicas

Em sua essência, está a ideia de "segurança física" - um sentimento profundamente enraizado de que nosso corpo funcionará no futuro e se adaptará aos desafios. No entanto, a dor, as lesões ou os diagnósticos podem transformar esse sentimento em dúvida. Começamos a questionar se e como nosso próprio corpo pode funcionar no mundo.

As três dimensões da dúvida física

Perda de continuidade: A vida não parece mais estar acontecendo como de costume.
Perda da transparência do corpo: O corpo, que antes ficava em segundo plano em nossas vidas, de repente se torna o centro de nossa atenção.
Perda de confiança no corpo: A crença na confiabilidade e no desempenho do próprio corpo diminui.

Essas dimensões geralmente não são diretamente tangíveis, mas têm um efeito subliminar em nossa existência. Elas combinam crenças implícitas e explícitas e podem ser tanto adaptativas quanto mal-adaptativas.

Uma nova maneira de se comunicar

Esse conceito ainda está em sua infância e precisa ser mais pesquisado e desenvolvido. No entanto, ele tem o potencial de melhorar fundamentalmente a maneira como nos comunicamos uns com os outros e com nossos pacientes. Ele abre novas perspectivas para entender e tratar melhor o complexo mundo dos pacientes com dor.

Em minha prática em Hamburgo, já incluo essas considerações em meus tratamentos. É um passo empolgante e importante para entender melhor a pessoa por trás da dor e apoiá-la de forma holística.

Fernandez, A. V., J. Hartvigsen, S. Ravn, P. Stilwell e A. Kongsted. "Reconceptualising Pain-related Behavior: Introducing the Concept of Bodily Doubt" (Reconceituando o comportamento relacionado à dor: Apresentando o conceito de dúvida corporal). Jornal Europeu da Dor, 8 de março de 2023, ejp.2105. https://doi.org/10.1002/ejp.2105.

MAIS ARTIGOS

Osteopathische Interventionen können – laut einer Studie von 2022 - bei Erwachsenen mit unspezifischen Nackenschmerzen zu einer Verbesserung des Schmerzniveaus und des funktionellen Status führen. ...
Entdecken Sie, wie Sie mit der simplen, aber effektiven Hampelmann-Übung täglich mehr Bewegung in Ihr Büroleben bringen können. ...
Entdecken Sie, wie einfache Übungen wie die 'Stuhlübung' Ihre Gesundheit am Arbeitsplatz verbessern können. Ideal für alle, die viel sitzen! ...
Boletim informativo sobre osteohealth

Assine nosso boletim informativo

Enviamos um boletim informativo em intervalos regulares com vídeos, podcasts e artigos sobre o tema da saúde.
pt_BRPortuguese